Notícias e Eventos


Como as crianças de outros países aprendem inglês?

Como as crianças de outros países aprendem inglês?

Milhões de crianças nascem em um país onde a língua materna é o inglês. Porém, tantas outras são oriundas de nações em que a língua inglesa não é a principal, como aqui no Brasil. E o que esses países fazem? Confira 5 exemplos!

Holanda

A Holanda é um país conhecido pelos altos níveis de proficiência em inglês da sua população. Falar um outro idioma por lá é algo levado muito a sério! Pense que o país foi um dos maiores comerciantes dos séculos passados e, além disso, está próximo de outra grande potência: a Inglaterra. Falar inglês era uma questão de negócios e de sobrevivência, e o hábito se estende até hoje. O ensino holandês é gratuito e obrigatório dos 4 aos 18 anos de idade. A partir dos 10, as crianças já começam a aprender a língua inglesa. Como a base curricular não é homogênea, os pais ainda podem escolher uma escola que foque ainda mais nos estudos dos idiomas.

Suécia

A Suécia é uma referência para o mundo em muitos setores da sociedade, e a educação é um deles. A pré-escola é opcional e funciona como uma preparação dos alunos para a convivência, contando com atividades sociais que estimulam a comunicação entre os estudantes. Tudo isso cria um contexto muito favorável para o desenvolvimento da linguagem como um todo. Já a partir dos 6 anos de idade, o inglês é considerado uma habilidade básica, junto com o próprio sueco e a matemática. Durante os anos escolares, ainda há o estímulo para o aprendizado de outros idiomas, como o francês e o espanhol.

Alemanha

A exemplo de outras nações europeias, como Suécia e Holanda, a Alemanha também investe bastante no ensino do inglês logo nos primeiros anos escolares. O trabalho com o idioma desde a base consegue ajudar as crianças a desenvolver as duas línguas em paralelo, conseguindo assim estudar por mais tempo e crescer com um domínio maior da língua inglesa.

Noruega

Tal qual os suecos, os noruegueses também se preocupam em investir no desenvolvimento das habilidades sociais durante os primeiros anos da infância. Por meio de exercícios práticos e lúdicos, é possível ensinar os princípios básicos do inglês ainda antes dos 7 anos de idade. Durante o equivalente aoensino fundamental deles, o nível do aprendizado se intensifica.

Japão

Por motivos principalmente econômicos, o governo japonês quer incentivar os estudos do inglês desde cedo para as crianças, visto que o país apresenta baixos índices de proficiência se comparado a outras potências. O objetivo é que a partir de 2020 o ensino do idioma seja introduzido no terceiro ano, e não mais no quinto. Além disso, também está previsto um aumento da carga horária de pelo menos uma hora por semana.

É possível perceber que o caminho para conseguir um aumento significativo da proficiência em inglês de uma população passa muito pelo ensino do idioma desde cedo. Quer saber um pouco mais sobre a importância do ensino da língua inglesa para as crianças? Continue pelo nosso blog!

Qual a idade ideal para aprender inglês?

Como o inglês auxilia no aprendizado de outras disciplinas?

5 formas divertidas de ajudar seu filho a aprender inglês

Traga o seu filho para uma aula experimental na Pingu’s English!

Que tal conhecer a unidade Pingu’s mais próxima de você? Solicite uma aula experimental e venha para a melhor escola de inglês para crianças!

voltar para a lista de notícias