Notícias e Eventos


Mitos e verdades sobre aprender inglês na infância

 Mitos e verdades sobre aprender inglês na infância

Já é comprovado que quando uma criança aprende inglês, sua eficiência no aprendizado e na comunicação também aumentam consideravelmente. Aproveitar a facilidade que ela tem para aprender desde cedo traz diversos benefícios cognitivos, mas mesmo por trás disso, é comum haver algumas dúvidas a respeito do que é realmente verdade. A Pingu’s English vai te contar alguns mitos e verdades sobre estudar inglês na infância! Confira:

Falar dois idiomas ao mesmo tempo atrapalha a língua nativa e confunde a criança

Mito. Durante a infância, todos estão preparados para receber estímulos diferentes ao mesmo tempo! A língua nativa não será esquecida porque ela aparece em casa, na escola, nos filmes e em qualquer outro lugar. Com o tempo de aula, a criança irá se acostumar a relacionar as duas línguas, e isso inclusive auxilia no aprendizado de cada uma simultaneamente.

É mais fácil para o cérebro aprender coisas durante a infância

Verdade. Como dito acima, estamos preparados para receber muitos estímulos quando pequenos. Segundo uma publicação científica do The Journal of Neuroscience, até os quatro anos de idade, qualquer influência externa sobre sua capacidade cognitiva é muito mais forte.

Aprender um segundo idioma sobrecarrega a criança

Mito. O aprendizado de inglês dos pequenos se inicia com brincadeiras, diferente de como é feito na vida adulta. Isso faz com que eles se interessem pelas aulas sem obrigação e tenham um conhecimento mais sólido. Cada dúvida é tratada com leveza e os erros causam um impacto praticamente inofensivo.

É mais fácil se esquecer do idioma quando ele é aprendido cedo

Mito. O incentivo desde cedo desenvolve um interesse no aluno, e como o cérebro atinge seu pico de atividade durante a infância, o conhecimento dificilmente é esquecido. Por isso é tão importante praticar sempre!

Quanto mais cedo a criança falar outra língua, melhor será a pronúncia

Verdade. O ouvido incorpora os sons mais rápido quando somos pequenos para que possamos desenvolver a comunicação. Ao mesmo tempo que o vocabulário de uma criança aumenta a cada semana na sua língua nativa, aprender um segundo idioma acontece da mesma maneira, e a forma pura de pronúncia livre de sotaques aparece como resultado.

É importante ressaltar que a maneira como as escolas de idioma influenciam o ouvido e a comunicação dos alunos prepara-os para o máximo do desenvolvimento cognitivo. O ensino por meio de imagens, cantigas, jogos e leituras se adapta ao cotidiano da criança e aproveita sua rapidez no aprendizado.

Você já tinha pensado que uma escola de inglês pode proporcionar tudo isso ao seu filho? Conheça o método da Pingu's English! Aqui é divertido de aprender!

voltar para a lista de notícias